Escrito por Tendenzias

Moda Vintage

A moda vintage vem do passado, mas promete ficar por mais uns tempos. Se gosta de moda e está sempre querendo saber as últimas tendências e novidades, então vai adorar este artigo. Vamo-nos centrar na moda vintage: nas suas características e na sua importância para a moda atual.

A verdade é que hoje em dia nem sempre é fácil encontrarmos peças de roupa diferentes, originais e que se salientem entre a multidão. Mas isso é bem possível com a ajuda da moda vintage! Se gosta de vestir roupas únicas, com história e personalidade a solução poderá estar em peças do estilo vintage. Em geral, são peças bem marcantes, muito charmosas e cheias de estilo!

Em geral, o termo vintage refere-se a qualquer peça de roupa ou acessório de moda que foi criado e que pertence a outra época. O vintage virou moda quando as pessoas perceberam que as roupas de outras décadas ainda tinham muito potencial; começaram assim a reutilizar peças de outras épocas e hoje em dia isso é muito comum. Tão comum que para além das tradicionais lojas e bazares especializados em roupa, existe muita gente a mostrar e vender na internet as suas próprias peças vintage. Mas o mercado para esta moda não se limita ao público geral, aliás, ele vai muito mais além disso: são muitas as celebridades a usar e abusar desta moda. Sejam cantores, atores, modelos ou outras estrelas nacionais e internacionais mostram criações vintage bem bonitas, elegantes e únicas!

Mas é importante tentar definir um pouco mais este estilo: o vintage é uma moda retrógada que vai buscar os estilos de décadas anteriores – podendo contemplar desde 1920 até 1980 (atenção: roupas criadas antes de 1920, são consideradas antiguidades). Porém, ele não é apenas uma moda, mas sim um completo estilo de vida. Isto porque ao se reutilizar peças de roupa de outros tempos estamos a adotar uma atitude menos consumista e mais ecológica – o que é bastante positivo.

Por vezes existe alguma confusão entre o termo vintage e o termo retrô, mas é fácil entender a diferença: um produto vintage (seja uma peça de roupa ou outro objeto) é um produto original, proveniente de outra época e que poderá ser encontrado atualmente em bazares, lojas ou antiquários – desde que esteja em bom estado, claro. Por outro lado, um produto retrô é um produto novo e atual, mas que tem uma inspiração noutra época. Poderá assim ser uma peça de roupa ou outro objeto completamente repaginado, que no fundo faz uma homenagem a outros tempos e outros estilos.

Mas nem todas as peças antigas são consideradas vintage – existem alguns requisitos para isso acontecer. Assim sendo, uma peça para ser vintage tem de ter pelo menos 20 anos de antiguidade; fazer parte de um estilo próprio, de um movimento ou de um estilista; não ter sido alvo de uma transformação que ponha em causa a sua essência; estar em bom estado de conservação e por fim, representar um momento da moda, sendo um testemunho da sua história e evolução.

E agora que já não há duvidas e que o termo vintage está bem definido, é interessante perceber algumas das suas características: as peças vintage têm cortes diferentes, pormenores únicos, cores e padrões interessantes… Muitas vezes os seus tamanhos não correspondem aos tamanhos a que estamos habituados ou nem sequer têm indicação de tamanho. Uma boa forma de usar peças de roupa e acessórios vintage é fazê-lo juntamente com outras peças bem atuais e modernas. Assim,você mistura estilos diferentes e cria o seu próprio look, de acordo com o que gosta mais e lhe fica melhor. Arrisque e experimente!

E por fim, comprove nas fotos como a moda vintage é bem atual, única e mesmo muito interessante.

Imagens: Imagem 1, Imagem 2, Imagem 3, Imagem 4

Descubra muitas outras tendências de moda neste mesmo blog:

Novas cores do verão 2012

São Paulo Fashion Week 2012

loadInifniteAdd(infinite_adv_1);

Moda primavera verão 2012

Lo más interesante
Top 6
artículos
Siga-nos